Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

Filiada ao PLS, a aluna ganhou seus 15 minutos de fama

O presidente Jair Bolsonaro publicou neste domingo, em suas redes sociais, um vídeo de uma aluna que confronta uma professora de gramática, alegando que a educadora gastou 25 minutos da aula para falar sobre política, com críticas ao governo e ao ideólogo de direita Olavo de Carvalho. “Professor tem que ensinar e não doutrinar”, escreveu o presidente ao compartilhar o vídeo de um minuto e 54 segundos.

No vídeo, a aluna questiona a professora, que afirma que Olavo de Carvalho é uma anta porque “mete o pau em tudo”. Carvalho tem sido uma figura influente no governo, sendo ouvido em decisões da atual gestão.

QUESTIONAMENTO – A estudante, então, começa a questionar o tempo que a professora teria gasto para falar de política. — Você não percebeu que pegou 25 minutos da aula para expor sua opinião político-partidária? — diz a estudante.

— Não foi político-partidária — contesta a educadora.

— Foi sim, a senhora criticou o Escola sem Partido, o governo, e não estou pagando cursinho para ouvir sua opinião político-partidária. Estou pagando cursinho para assistir à aula de gramática — retruca a autora do vídeo.

Depois, a professora pede que a estudante fale com o coordenador. A aluna, por sua vez, diz que também filmou a aula e que vai repetir a atitude futuramente.

— Todas as suas aulas eu vou gravar e expor na internet, tá bom? — diz a estudante. — A senhora não pode entrar aqui e falar o que a senhora quiser. Estou pagando pela aula de gramática.

FILIADA AO PSL – Bolsonaro comentou o vídeo neste domingo, ao chegar ao prédio em que mora um de seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O presidente não explicou como o vídeo chegou até ele, nem se houve uma apuração da reclamação da aluna antes que as imagens fossem divulgadas em sua rede oficial. Ele se limitou a defender que os professores não podem mostrar “um lado só” em suas aulas.

— Nós queremos a escola sem partido, ou, se tiver partido, que tenha os dois lados. Não pode é ter um lado só na sala de aula — afirmou o presidente.

Nas redes sociais da estudante que gravou o vídeo, ela se diz filiada ao PSL, partido de Bolsonaro. Quando questionado, o presidente negou ter conhecimento disso.

— Não sei — disse ele.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG TRIBUNA DA INTERNET – Sinceramente, fica parecendo que o presidente da República não tem o que fazer. Com o país atravessando uma crise terrível, o chefe do governo perde tempo com esse tipo de assunto. É desanimador. (C.N.)

Autor(a): Juliana Castro e Clarissa Pains
Fonte: O Globo / Tribuna da Internet
Colaborador(a): José Carlos Lima

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA