Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

Música nasceu no intervalo de uma roda de samba e já virou sucesso nas redes

RIO — Na onda dos sambas críticos à administração municipal, o compositor Luís Filipe de Lima e outros músicos compuseram uma letra ironizando o reajuste do IPTU no Rio, proposto pela gestão do prefeito Marcelo Crivella. Criado na improvisação durante uma roda de samba, a música nasceu no intervalo de uma apresentação que é feita toda segunda-feira, no Samba da Gávea, no bairro da Zona Sul. Luís Filipe conta que o refrão é obra do também instrumentista Alfredo Del-Pinho, e que os outros participantes foram completando com versos, no estilo tradicional do samba de partido-alto.

— Quando eu ouvi o samba, decidi gravar com o meu celular, pois não poderia deixar aquele momento se perder. Pedir um assunto para o público e ir versando sobre aquele tema é uma tradição das rodas de partido-alto, com o refrão sendo repetido em coro e o restante da letra sendo improvisado. Foi isso que acabou acontecendo entre a gente.

Link do samba: oglobo.globo.com/videos/v/samba-ironiza-reajuste-do-iptu-de-crivella/6467693

"Eu trabalho o ano inteiro e ainda acendo uma vela só pra poder pagar o IPTU pro Crivella. Olha que eu ainda moro pertinho da Linha Amarela, só pra poder pagar o IPTU pro Crivella. Não vai sobrar nenhum tostão pra galinha à cabidela, só pra poder pagar o IPTU pro Crivella. Gastei todo o o meu dinheiro nem sobrou pra a mortadela, só pra pagar o IPTU pro Crivella”, diz um trecho da música que fará parte do repertório do grupo.

Segundo o músico, a revolta com os valores do IPTU é praticamente unânime e mostra uma insatisfação de parte da população com Crivella. Luís Filipe afirma ainda que o Rio vive uma administração municipal questionável, com um prefeito ausente que não valoriza o carnaval do Rio, diminuindo, por exemplo, a subvenção para as escolas de samba.

— Toda a repercussão é muito positiva. As pessoas que estavam no local, assistindo a nossa apresentação, bateram palmas e cantaram junto com a gente. Foi algo caloroso e muito bacana de se ver. Isso mostra uma indignação da sociedade em relação a esse assunto tão polêmico e discutível — conta.

A aclamação percebida naquele momento se estendeu para as redes sociais. Em três dias, o vídeo já contabilizou mais de 47 mil visualizações, 1,3 mil compartilhamentos, mais de 600 reações e centenas de comentários. O sucesso é tanto que os músicos estão cogitando a possibilidade de fazer uma gravação oficial, em estúdio, do "samba do IPTU do Crivella".

Em seu perfil no Facebook, o músico escreveu: "Direto do Samba da Gávea, o partido-alto dedicado ao IPTU do Crivella feito na hora pelo Alfredo Del-Penho e versado por Pedro Miranda, Thiago da Serrinha, João Cavalcanti, Bruno Barreto, Magno Julio, Luiz Moura e toda a galera. Já mandei fazer despacho com galinha preta e farofa amarela!" Procurada pela equipe do GLOBO, a Prefeitura do Rio não quis se pronunciar sobre o assunto.

Autor(a): Diego Amorim
Fonte: Jornal O Globo
Colaborador(a): Marcio Pereira de Sá

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA