Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ SERGIO MORO...
publicado em: 27/07/2018 por: Lou Micaldas

Excelentíssimo Sr. Juiz Sérgio Moro. Sou um cidadão brasileiro, nascido e criado em um bairro simples do Rio de Janeiro (Bento Ribeiro). Consegui estudar e ser alfabetizado, aos seis anos, pela professora Nilza, na Escolinha Santa Teresinha, da rua Mário Mota.

Após, continuei meus estudos em uma boa escola pública (Escola Paraguai). Fiz o antigo ginásio na Escola Estadual Visconde de Mauá, ingressando por concurso. Ingressei no EXÉRCITO aos 19 anos já como sargento e permaneci lá por 16 anos.

Vivi a revolução de 1964 e vi quando os militares se perderam ao torturarem brasileiros que liam  Karl Marx e acreditavam no COMUNISMO.
Por isso, fiz uma universidade, larguei tudo e vim lecionar na iniciativa privada.

Não ingressei no Exército pra torturar brasileiros.

Tenho 75 anos de idade e muitas histórias pra contar e não haveria espaço para narrá-las. Mas o motivo desta é para agradecer a Deus pela sua existência e manifestar a minha gratidão ao senhor por ter me proporcionado a alegria de testemunhar uma das melhores histórias deste país: A história da Lava-Jato!

Sonhei ver o combate real à corrupção neste Brasil. A corrupção que perdura há décadas ou séculos. A Lava-Jato não veio apenas para lavar essa sujeira do país; veio lavar a alma dos cidadãos de bem! Sei que eu, meus filhos, netos talvez não venhamos a usufruir completamente do que Vossa Excelência e sua equipe vêm realizando, a saber: uma faxina moral neste país, onde a maioria dos governantes só serve a si mesma e faz fortuna apropriando-se do dinheiro público.

Muitíssimo obrigado por me deixar ver esta transformação moral, social e espiritual!

Seus companheiros de luta, Procurador Dellagnol e o juiz Bretas são homens tementes a Deus e igualmente fiéis aos ensinamentos das Escrituras Sagradas.

Todos os homens de bem clamaram a Deus para que algo viesse a mudar no Brasil. Saiba que, não fosse pela intervenção de Deus, Vossa Excelência já teria sucumbido. Ele o tem protegido amorosamente, pois Deus é Deus de justiça.

Eu nunca tinha visto um Governador ou um Presidente da Câmara corruptos presos, e, tampouco um ex-Presidente da República. Deus o abençoe!

Autor(a): Ezio de Azevedo. Professor e pedagogo aposentado. Rio de janeiro, jul/2018

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA