Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

Renúncia não foi aceita pelo governo.

O ministro britânico Michael Bates ofereceu sua renúncia nesta quarta-feira (31) por ter chegado minutos atrasados a uma sessão no Parlamento e por não estar presente quando deveria ter respondido a umas perguntas.

"Quero oferecer minhas sinceras desculpas à Baronesa Lister por minha indelicadeza de não estar no meu lugar para responder sua pergunta sobre um assunto muito importante no começo das perguntas", disse.

"Estou completamente envergonhado de não estar em meu lugar e por isso vou oferecer a minha renúncia à primeira-ministra com efeito imediato. Eu peço desculpas", acrescentou.

Depois disso, saiu da sala, enquanto os outros deputados expressavam a sua surpresa.

A renúncia não foi aceita pelo governo, segundo um porta-voz de Downing Street. "Sua renúncia foi recusada, já que foi considerado que foi desnecessária", disse o porta-voz.

Bates está na Câmara dos Lordes desde 2008 e atualmente trabalha no Departamento de Desenvolvimento Internacional.

Autor(a): Redação G1
Colaborador(a): Monica Alves

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA