Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

SENTIMENTO DE REPUGNÂNCIA, ASCO E NOJO
publicado em: 12/09/2017 por: Lou Micaldas

Parece que sou marcado para ser um cidadão para ver a miséria, o sofrimento e a injustiça. Ao amigo, que está lendo estas linhas e que não me conhece, preciso dizer algo para que entenda o meu espírito.

Enterrei, no meu querido Piauí, três crianças mortas pela fome. Vi a seca do meu Ceará. Fui durante 4 anos provedor da Santa Casa de Fortaleza, onde vi de tudo, até a morte chegar. 18 anos Presidente do Lar Torres de Melo (nome em homenagem ao meu pai) Instituição que cuida de idosos pobres e abandonados pelos familiares. Servi ao meu querido Exército nas fronteiras do Mato Grosso e Amazônia onde só ele luta pelo povo abandonado do nosso Brasil. Vi taba de índio. Tudo é Exército.

Já lá se vão 92 anos e vejo, agora, brasileiros bandidos, canalhas, biltres, reles, vis, velhacos, ladrões, infames, sem caráter, sem-vergonha e outros nomes  impublicáveis que dominaram  politicamente o País e roubaram o povo brasileiro. Bandidos.

Ia para o meu Hospital Militar, onde faço fisioterapia três vezes por semana, quando vejo duas pobres mulheres rodeadas de crianças, maltrapilhas, magras, sujas marcadas pela pobreza.

Tudo dentro de mim revolta-se, pois, lembro-me dos canalhas presos, presos com tornozeleira em casa por terem roubados o País e com advogados pagos com o dinheiro que surrupiaram.

Volto e ao ligar a TV deparo-me com um quarto de apartamento cheio de dinheiro. Dinheiro nosso, das duas mulheres, da construção do canal do Rio São Francisco, dos hospitais e das  escolas. Não sei se será condenado a pena de 1000 anos e com direito a enterro no cemitério que tenha lugar para ladrão, sem vergonha e mande a alma para o inferno.

Os brasileiros estão descrentes. Estão possuídos de REVOLTA E NOJO. Tenho certeza que sem o cumprimento da lei estaremos perdidos. É preciso ter leis para defesa da sociedade e não leis feitas por inpíduos iguais ao bandido da BAHIA. É aí que o rabo dar o nó. As leis defendem os criminosos. O cidadão de bem vive trancado em suas casas feito cadeias. Nós não temos cadeira elétrica e justiça rápida.

Acredito na justiça. Sem ela será o caos. Vocês, meritíssimos Juízes, são brasileiros, logo deverão estar com o mesmo: sentimento de repugnância, asco e nojo desperte a consciência dos bons repassando.
“O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons”. Martin Luther King

NO BRASIL OS BONS ESTÃO CALADOS. É PERIGOSO.

Autor(a): Grupo Gurarapes
Colaborador(a): Gen. Torres de Melo

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA