Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / A PALAVRA É SUA

Charge do Aroeira (Jornal O Dia/RJ)

A bandidagem de elite quer os fiscais da Receita Federal cada vez mais “coletores de tributos”, tipos centuriões romanos tirando os peixes das mãos dos Pedros pescadores. Ao mesmo tempo, a corruptagem atua para que haja cada vez menos agentes e auditores tipo Eliot Ness, capazes de ajudar a processar os Al Capones tupiniquins.

Mas o pior disso tudo é que muitos integrantes da cúpula da Receita Federal, como, por exemplo, o ex-secretário Jorge Rachid, muito contribuíram para essa desvalorização da categoria, destruindo as atribuições de auditores fiscais tanto dos tributos internos como da área aduaneira.

DESRESPEITO – A coisa chegou num ponto que até uma agenciazinha como a ANAC, da Aviação Civil, é capaz de fazer passar em revista diária auditores em trabalho nos aeroportos. Claro que eles não se atrevem a fazer o mesmo com policiais federais. Por isso mesmo, bandidos organizados, conhecendo as peculiaridades da fiscalização, caracterizaram falsamente seus veículos com a pintura da PF e conseguiram realizar um mega-assalto, como o que fez desaparecer mais de 700 kg de ouro no aeroporto de Cumbica.

Claro que nem a ANAC, nem os seguranças do aeroporto da terceirizada GRU e muito menos a PF conseguiram impedir o assalto. E agora os poderosos e intocáveis ministros do Supremo Tribunal Federal resolveram enquadrar os auditores fiscais da Receita Federal por cumprirem seus deveres de investigar  sonegadores de tributos e de patrimônio.

TUDO DOMINADO – É uma inversão completa de valores, que faz com as atividades ilegais praticadas por organizações criminosas prosperem cada vez mais nesta republiqueta de bananas!

Cabe aos Auditores-Fiscais, através de seus representantes, denunciar às instâncias internacionais os desmandos do Supremo, porque o tribunal está fazendo descumprir importantes tratados internacionais de combate à corrupção, que o país é obrigado a respeitar. Vai prejudicar o ingresso do país na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Temos que fazer com que esses ministros defensores de bandidos e sonegadores passem, pelo menos, por alguns constrangimentos aqui e lá fora. É o mínimo que podem fazer os cidadãos de bem, porque a impunidade  já está garantida para as elites e seus agentes.

Autor(a): Willy Sandoval
Fonte: http://www.tribunadainternet.com.br/
Colaborador(a): José Carlos Lima

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA