Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / ACONTECEU

SEPARADOS PELO HOLOCAUSTO SE REENCONTRAM 76 ANOS DEPOIS
publicado em: 19/04/2018 por: Lou Micaldas

Dois idosos, que escaparam quando crianças do Holocausto – das câmeras de gás de Auschwitz, na Alemanha de Hittler – se reencontraram 76 anos depois e não seguraram a emoção.

Alice Gerstel e seu amigo, o “pequeno Simon” escaparam do “trem da morte” de formas diferentes.

A família dela conseguiu fugir para os EUA. Já Simon Gronowski foi empurrado do trem pela mãe, quando estavam a caminho dos campo de concentração nazista, em 1941.

O encontro dos sobreviventes da barbárie foi na semana passada.

Ela e seu amigo apertaram as mãos no Museu do Holocausto de Los Angeles, enquanto contavam suas histórias.

“Você não sabia que eu pulei do trem?”, Perguntou Gronowski, hoje com 86 anos.

“Não. Eu não sabia de nada “, respondeu sua amiga, agora com 89 anos.

Neste domingo, os dois voltaram ao museu para contar aos visitantes como o Holocausto destruiu duas famílias que se tornaram amigas depois de um encontro casual em um resort de praia belga em 1939.

O reencontro

Gerstel e sua família judia se esconderam na casa dos Gronowskis por quase duas semanas antes que seu pai dissesse à França que chegara a um acordo com um contrabandista que tiraria em segurança seus irmãos e sua mãe da Bélgica ocupada pelos nazistas.

Os Gronowskis, também judeus, decidiram ficar.

Eles se esconderam por 18 meses até os nazistas baterem à porta da família e colocar Simon, sua irmã e sua mãe em um trem da morte para Auschwitz.

“Eu pensei que toda a família tivesse sido assassinada. Eu não fazia ideia ”, disse Gerstel.

“Eu não o reconheci. Eu não enxergo o pequeno Simon”, falou Gerstel Weit sobre o homem agora careca, de barba branca, que estava sentado ao lado dela rindo.

“Mas ele está aqui. O pequeno Simon está aqui”, ela acrescentou, enquanto sua voz falhava, colocando a mão sobre o coração de Gronowski.

Houve muitos abraços, beijos e choro quando os dois velhos amigos seguraram as mãos com força, compartilhando memórias de um passado longínquo.

Foi um passado que começou ternamente antes de virar um pesadelo, depois que os nazistas invadiram a Bélgica em 1940 e começaram a cercar os judeus.

Autor(a): Redação Sonoticiaboa
Fonte: www.sonoticiaboa.com.br/2018/04/15/separados-pelo-holocausto-se-reencontram-76-anos-depois/
Colaborador(a): Maria Clara Ribeiro dos Santos

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA