Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / ADV. DR. GOTLIB

OS DOIS MOTIVOS BÁSICOS QUE LEVAM AO ENDIVIDAMENTO
publicado em: 28/09/2017 por: Lou Micaldas

Olá ,
Frequentemente clientes endividados me procuram a fim de encontrar saída para tais problemas.

Uma questão comum, que sempre precede tais consultas é o reconhecimento de que são culpados e se “enrolaram” nas contas, ocasionando o endividamento.

Neste momento, sempre peço desculpas por interromper a conversa, mas me sinto obrigado.

Esta auto imposição de responsabilidade não pode ser por si só, e exclusivamente, ser considerada como responsável pelo endividamento da população.
Existem dois motivos básicos para que mais de SESSENTA MILHÕES DE BRASILEIROS se encontrem nos inscritos no SERASA:

1 – Falta de educação financeira de base -> Você, certamente, aprendeu a lidar com  seu dinheiro da mesma maneira que eu, ou seja, através do caríssimo método do “acerto e erro”, pois não existe Educação Financeira nas escolas brasileiras e este ensinamento também é muito pouco usual no seio familiar (quem não aprendeu, não pode ensinar);

2 – Incentivo ao gasto e não a poupança -> Para complementar o problema os governos que se sucedem em nosso País estão sempre apoiando iniciativas de consumo a longo prazo e não de controle e investimento de recursos financeiros. Tudo isso com o farto apoio dos Bancos que lucram bilhões as nossas custas.

São projetos para compra do imóvel em 30 anos; do automóvel em 5 anos; do eletrodoméstico em 1 ou 2 anos...

Mas nunca se ouve falar na importância de se investir um pouco por mês para ter dinheiro a fim de realizar projetos e ter tranquilidade na velhice.

Somos massificados pela publicidade nas redes de TV, nas rádios, jornais, revistas e mídias sociais sobre as vantagens de adquirir agora, mediante financiamento, o objeto do desejo.

Chegam até mesmo a falar em parcelamento sem juros, como se isto pudesse existir em um País com nossa cultura inflacionária e de juros elevados.
Assim sendo, e buscando não alongar demais este texto, tenha em mente que podemos nos culpar por nos “enrolar” nas contas, mas devemos ter a certeza que isto acontece exatamente por que Bancos e Governos querem, e trabalham arduamente, para que isto aconteça.

A culpa não é só sua, portanto, você também não tem que pagá-la sozinho.

Autor(a): Ronaldo Gotlib

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA