Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / ARTIGOS

NOSSA CULPA, NOSSA MÁXIMA CULPA NA TRAGÉDIA

Sujismundos entopem de lixo as ruas, os rios, os bueiros.

Autor: Ascânio Seleme
Enviado por: Ricardo Pereira de Sá

“RECONHECIMENTO FACIAL: O FUTURO CHEGOU”

Durante o carnaval, uma notícia chamou mais a atenção do que as escolas de samba e os trios elétricos nas ruas, trata-se do relato de um indivíduo que foi preso em Salvador, após ter sido identificado pelo sistema de reconhecimento facial eletrônico, que foi implantado nos acessos dos principais circuitos de carnaval, pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Autor: Flávio Filizzola D’Urso é Advogado Criminalista

A MENTALIDADE BOLSONARISTA

Que Paulo Guedes se acautele sobre a viabilidade de um ambicioso programa de reformas liberais sob um governo que, dirigido pela lógica da ruptura, age como oposição — afluente do conflito — e opera em campanha permanente, elegendo e cevando inimigos para manter excitada a tropa.

Autor: Carlos Andreazza
Enviado por: José Carlos

OS RISCOS DAS RECEITAS CASEIRAS PARA PRODUTOS DE LIMPEZA

O compartilhamento de vídeos com instruções e receitas para a produção de produtos de limpeza a partir de ingredientes caseiros, como vinagre e bicarbonato de sódio, é cada vez mais comum. A tendência do do it yourself ou faça você mesmo já não se restringe apenas aos trabalhos manuais.

Autor: Juraci Silva, engenheiro químico e consultor técnico do negócio de Home Care da BASF
Enviado por: Maria Clara Vieira

NÃO ERA PROIBIDO PROIBIR NO CARNAVAL?

Na desconstrução (ou tentativa de desconstrução), problematizaram sambas e marchinhas. ‘Maria sapatão’ seria homofóbica.

Autor: Eduardo Affonso
Enviado por: Denise Carvalho

CULPA PELO LARANJAL NÃO É DAS MULHERES

O deputado Rodrigo Maia atribuiu a proliferação de candidaturas laranjas a uma resolução do TSE que tentou aumentar a participação feminina na política. No ano passado, o tribunal decidiu que 30% das verbas do fundo eleitoral deveriam ser reservadas para as mulheres. “Toda vez que o Judiciário legisla, dá problema”, reclamou o presidente da Câmara.

Autor: Bernardo Mello Franco
Enviado por: José Carlos

PROCURA-SE UMA ILHA DE ELBA FORA DA VENEZUELA

Não importa quando, hoje ou no passado, as fronteiras sempre foram difíceis de controlar. No Brasil, o Barão do Rio Branco foi um dos grandes artífices da manutenção das fronteiras que fazem de nossas terras um país continental. Novamente, após muitas décadas, um conflito fronteiriço está próximo de explodir, aumentando a tensão existente entre Brasil e Venezuela.

Autor: *Rene Berardi é doutor em sociologia e atua como professor do ISAE Escola de Negócios
Enviado por: Ana Ornellas

AUTONOMIA, TRANSPARÊNCIA E COMPROMISSO: UMA NOVA RECEITA PARA UM NOVO BRASIL

A Receita Federal tem por missão “exercer a administração tributária e aduaneira com justiça fiscal e respeito ao cidadão, em benefício da sociedade”.

Autor: Geraldo Seixas
Enviado por: Vera Moreira

O DESEJO DA MULHER

Trinta anos após o mais profundo estudo sobre os desejos humanos, Freud se questionava: “Afinal, o que querem as mulheres?”. Os homens sabem nada sobre as mulheres, isso é certo. Mesmo porque a mulher é esperta o bastante para esconder o que faz dela diferente.

Autor: Fernanda Young
Enviado por: Raimunda Muniz

UMA VISÃO APOLÍTICA DOS DIREITOS HUMANOS

Como todos sabem, eu me considero um eleitor do Bolsonaro. Muito mais pela indignação, tendo em vista a corrupção que se instalou no país, do que por qualquer outro motivo.

Autor: Fernando Rizzolo é Advogado, Jornalista, Mestre em Direitos Fundamentais, Professor de Direito

VOCÊ SABE O QUE É FEMINICÍDIO E QUAL SUA IMPORTÂNCIA?

Em 7 de agosto de 2018, a Lei Maria da Penha (lei 11.340) completou 12 (doze) anos. Esta lei foi criada em 2006 para trazer ao nosso ordenamento jurídico mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do artigo 226, § 8º, da Constituição Federal.

Autor: Felipe Costa Rodrigues Neves e Maria Paes Barreto de Araujo
Enviado por: Maria Clara Ribeiro dos Santos

NOSSO ADEUS AO GRANDE COMPANHEIRO RICARDO BOECHAT, PROFISSÃO REPÓRTER

A morte, esse limite da existência humana, e que às vezes tem a fatalidade como parceira, levou ontem o jornalista Ricardo Boechat para a eternidade, diminuindo com isso a dose de talento e amor que jornalistas têm por sua profissão.

Autor: Pedro do Coutto
Enviado por: José Carlos

HERÓIS QUE CUIDAM

É crucial parar de estimular o uso da força ou da arma ao se apresentar quem faz uso delas como heróis.

Autor: Alba Zaluar é pesquisadora visitante do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Uerj

POUPAR NO INÍCIO DO ANO É A MELHOR SAÍDA PARA UM 2019 SAUDÁVEL FINANCEIRAMENTE

Passando por anos conturbados, com incertezas na economia, os brasileiros precisam controlar os gastos altos.

Enviado por: Ana Ornellas - IRR Comunicação Integrada

RIO: 40 GRAUS DE RACISMO

Por que o guarda não me interpelou nem pediu os meus documentos?

Autor: Arnaldo Bloch
Enviado por: José Carlos

LEITE SOBRE AÉCIO: PSDB NÃO PODE FECHAR OS OLHOS

Governador do Rio Grande do Sul defendeu que partido não jogue caso “para debaixo do tapete”.

Autor: Paula Sperb
Enviado por: Maria Clara Vieira

NINGUÉM SEGURA A MÃO DE NINGUÉM

Há um país esperando para ser reconstruído. Não vamos chegar a lugar nenhum com essa história de não soltar a mão.

Autor: Eduardo Affonso
Enviado por: Maria Clara Vieira

NÓS, O LIXO MARXISTA

Tomou posse o primeiro governo eleito de extrema-direita do Brasil. Com ele, não há negociação alguma possível. E nem ele procura alguma forma de negociação com aqueles que não comungam seus credos, que não louvam seus torturadores e que não acham que “é duro ser patrão no Brasil”.

Autor: Vladimir Safatle
Enviado por: Lika Dutra

NOVA ESPLANADA: O QUE ACONTECE QUANDO SE EXTINGUE UM MINISTÉRIO

Nesta quarta-feira (2), funcionários dos 7 ministérios extintos no novo governo seguirão normalmente para os seus endereços de trabalho.

Autor: Grasielle Castro
Enviado por: Sandro Ferreira Gomes

2018, O ANO EM QUE A MENTIRA PREDOMINOU

Tudo fica muito difícil quando o diagnóstico está errado. E, na bagunça que foi este ano de 2018, entre algoritmos, redes sociais, polarização e notícias falsas, vivemos em essência um problema de diagnóstico errado.

Autor: Pedro Doria
Enviado por: Ricardo Pereira

Acesse mais conteúdo de: ARTIGOS clicando nos números das páginas abaixo.

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA