Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / ARTIGOS

Com um técnico maluco beleza, Flamengo tem a força do talento

Tinha de ser de virada, com dois gols em três minutos, já no fim da partida. Flamengo e River Plate fizeram um jogo igual. O Flamengo não é somente um fenômeno local, brasileiro. É também um fenômeno da América do Sul e talvez do mundo, uma equipe histórica, uma referência para todos os times brasileiros. Espero que os técnicos do Brasil tenham consciência profissional, se reinventem e aprendam com o campeão da América.

Parabéns aos talentosos e vibrantes jogadores do Flamengo, incendiados por Jorge Jesus, um técnico competente, um maluco beleza.

PONTOS CORRIDOS – Neste domingo (24), o Flamengo, sem jogar, pode ser campeão também do Brasileiro. Os campeonatos nacionais, por pontos corridos, em turno e returno, são festejados em todo o mundo, por serem mais lógicos e justos. Menos no Brasil. O Grêmio e outras equipes escalaram, em vários jogos, times reservas, prejudicando a colocação na tabela.

Neste ano, o Cruzeiro foi o único time que, pela qualidade do elenco, deveria, neste momento, disputar uma vaga na Libertadores, em vez de lutar contra o rebaixamento. Com os outros times, deu mais ou menos a lógica.

Um dos motivos dessa situação do Cruzeiro é a péssima administração do clube, com alguns dirigentes acusados de corrupção. Isso gera intranquilidade e insegurança, dentro e fora de campo. Independentemente da partida de ontem e dos próximos jogos, o Cruzeiro necessita de uma ampla reformulação, no time e na administração.

E OS OUTROS? – Fora o Flamengo, vejo pouca diferença individual entre as equipes que estão entre as oito primeiras, como Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Santos, Grêmio, Inter e Athletico, o que se reflete nas posições da tabela. Apenas o Santos está um pouco acima do previsto, graças ao trabalho de Sampaoli.

Por outro lado, há um menosprezo à qualidade dos jogadores do Santos, para aumentar a importância de Sampaoli. O contrário ocorre com o Corinthians. Supervalorizaram o elenco, para reforçar os erros de Carille. No Inter, por causa do bom trabalho do técnico Odair Hellmann, o time melhorou bastante, e, quando as coisas pioraram, colocaram a culpa no treinador, que foi despedido. Isso acontece com frequência.

CONTRATAÇÕES – O São Paulo gastou uma fortuna com várias contratações, mas só trouxe um jogador especial, Daniel Alves, que, por ser veterano e ser um jogador coletivo, não mudou a performance da equipe. No último clássico, entre Santos e São Paulo, Daniel Alves foi o destaque.

Pato é um dos contratados famosos que não deram certo. Ele é tratado como se fosse um jogador de grande técnica e talento, mas que não acerta. Discordo. Falta a ele lucidez nas decisões. Faz quase sempre o que não deve. Isso é falta de técnica e de talento. Além disso, Pato não tem uma posição definida. Ele não é centroavante, não é um jogador pelo lado e, raramente, atua formando uma dupla na frente, o que poderia ajudá-lo.

O Brasileiro e a Copa do Brasil se completam. Uma competição precisa da outra. Deveriam correr juntas, com jogos do Brasileiro somente no fim de semana e da Copa do Brasil somente no meio da semana, alternando com a Sul-Americana, a Libertadores e as partidas da seleção. Os estaduais deveriam ser mais curtos e servir de preparação para as principais equipes. Qualquer pessoa esclarecida faria um ótimo calendário atual. Isso não ocorre porque os interesses financeiros e políticos estão à frente da qualidade técnica e do espetáculo.

Autor(a): Tostão
Fonte: Folha / Tribuna da Internet
Colaborador(a): José Roberto Miranda

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA