Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / CRÔNICAS DA LOU

DIA INTERNACIONAL DA MULHER - VELHICE TRANSVIADA
publicado em: 25/09/2015 por: Netty Macedo

O Dia Internacional da Mulher merece ser festejado pelas vitórias que já conseguimos e pela garra de contínuar lutando a fim de alcançar nossos objetivos profissionais, espirituais, estéticos e afetivos.
Queremos e podemos construir uma nova mulher, criando uma nova moda de acordo com a nossa imagem livre da influência da estética padronizada tão perniciosa à mente.

Podemos envelhecer sem perder a beleza. Façamos valer nosso potencial, apresentando um novo conceito de viver e de ser, mostrando as nossas filhas e netas uma nova maneira de viver e de ser com nossos valores, que não são fabricados em laboratórios, nem esculpidos com bisturis. Vale lembrar que parte da nossa geração vivenciou aquela fase da “juventude transviada”, derrubando muitos preconceitos.

Mudemos novamente as regras e os costumes que insistem em nos enquadrar! É hora de assumirmos a fase da “velhice transviada”, dizendo não ao império da moda e dos preconceitos. Envelhecemos quando ficamos submissas aos velhos costumes e padrões estabelecidos, quando desistimos dos prazeres da vida, pra aparentar o que os outros esperam de nós.

VAIDADE NÃO É FUTILIDADE!
A beleza da mulher madura e idosa, não se resume unicamente a uma pele sem rugas, nem a um corpinho bem definido. A vaidade é inerente ao ser humano e é saudável que aproveitemos o avanço da ciência. Dar uma boa recauchutada faz bem ao ego, pelo prazer de se admirar no espelho. Isto é amor próprio, não é futilidade! Mas, cuidado! Não tenhamos a falsa idéia de que voltaremos no tempo. Jamais voltaremos aos 20 anos.

Continuaremos a andar para frente, que é pra frente que se anda. Caminhemos, pois, de queixo erguido e costas eretas. Somos vitoriosas. Quanto mais idade, mais orgulho e alegria devemos sentir. Muitas ficaram pelo caminho e não conseguiram chegar aonde chegamos.

Vamos festejar as nossas conquistas: a mulher lutou pela independência e venceu. Está galgando postos em áreas, antes só concebíveis ao sexo masculino. Somos uma força produtiva no mundo atual, sem perdermos nossa feminilidade. Já temos até mulheres presidentes. Uma delas na cadeira de Presidente do Brasil e outra na do Flamengo, o clube mais popular do Brasil.

Precisamos nos unir pra conter essa luta pela eterna juventude. São muitas as que adoecem e até morrem de depressão causada pela perda da mocidade e da suposta beleza padronizada. Não somos massas moles manipuláveis. Temos soma de vida cheia de lembranças e de projetos.

Tratemos de aproveitar o presente, valorizando o futuro com suas promessas. Ninguém quer morrer antes do tempo. Hoje, os criadores de moda resolveram valorizar as jovens que eram consideradas feias, pelas maltraçadas linhas do nariz ou da boca, com pernas finas e ossos pontudos. Elas reinam nas passarelas e posam de modelos fotográficos. Ótimo! Gosto não se discute, nem se impõe!

O conceito de beleza é sutil. Não se limita a fórmulas imutáveis. Mudou muito. E vai continuar mudando. Vamos meter nossa colher de pau, ou melhor seria dizer,nossa cara-de-pau, nessa panela que decide o que é beleza feminina. Precisamos dizer um NÃO à velhice triste, frustrada, acomodada.E dizer um SIM à vida, este bem precioso. Isso é que é essencial para a felicidade.

Vamos fazer tudo que estiver a nosso alcance, em prol do nosso corpo e de nossa mente, para que ambos nos gratifiquem com saúde física e mental. A tristeza enfeia qualquer um em qualquer idade. Tratemos de ser úteis, colaborando para criarmos um mundo melhor. Os jovens merecem essa herança. Vamos invadir as academias, as praças, as calçadas: vamos fazer exercícios, caminhar! Vamos fazer tudo que estiver a nosso alcance em prol do nosso corpo e de nossa mente, para que ambos nos gratifiquem com saúde física e mental. Isso é que é fundamental para a felicidade. E a felicidade é a cara da beleza.

Revisão: Anna Eliza Führich

Autor(a): Lou Micaldas

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA