Logomarca Velhos Amigos
LITERATURA / CRÔNICAS

BONDADE: UMA DAS MAIORES VIRTUDES DO SER HUMANO!
publicado em: 09/01/2019 por: Lou Micaldas

A bondade é uma qualidade a qual todos nós deveríamos ter. É através dela que passamos a acreditar nas pessoas: quem é bom tem a alma nobre e generosa.

Ser bom é ser amável, uma pessoa bondosa está sempre procurando um jeito de ajudar o seu próximo. A benevolência sempre nos leva a agir com o coração e com boa vontade. Quem é bom, também é generoso, amigo em todas as horas.

Bondade é sinônimo de caridade, compaixão, humanidade, brandura, entre outros; uma pessoa com estas características é um ser iluminado, pois a bondade é uma dádiva dada por Deus.

Quando a pessoa é boa ela nos exprime confiança, ela tem uma delicadeza na alma incomparável. A humanidade está carente de pessoas assim, que fazem alguma coisa a alguém sem esperar nada em troca.

Hoje em dia, as pessoas pensam muito em si mesma e se esquecem do seu próximo.

Fazer o bem não custa nada, ele só trará benefícios e te fará uma pessoa melhor e especial aos olhos divinos, além disso, fará com que entendemos o outro. Um olhar carinhoso ou uma palavra amiga pode ser uma esperança para muita gente.

Todos nós às vezes precisamos de um abraço ou de uma palavra que nos conforte. A delicadeza de um gesto é muito importante para o ser humano e é através dela que vemos realmente quem são os bons e quem não é.

A pessoa quando é boa tem a sinceridade no olhar e em um simples gesto já sabemos quem você é de verdade e isso é capaz de marcar a sua vida.   As boas pessoas, geralmente, são muito pacientes com todo mundo.

A bondade é ter a sensação de dever cumprido, é ter a consciência tranquila. Muitos de nós confundimos bondade com caridade; a primeira pode ser uma coisa momentânea e passageira, já a segunda é mais intensa, é uma entrega total.

A caridade é uma forma de fazer o bem e ser caridoso é muito importante para o nosso crescimento. Esta é uma das maiores provas da bondade humana.

São muitos os exemplos da prática do bem. Paulo já dizia assim: “ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, e não tivesse caridade, seria como o metal que soa ou como o sino que tine”.

Estas palavras querem dizer que não adianta falar belas palavras, se suas ações são pobres.  Procure sempre praticar o bem.

Autor(a): Angélica Lavorato
Colaborador(a): Maria Clara Vieira

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA