Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DATAS ESPECIAIS

C I Ú M E S
publicado em: 24/11/2015 por: Netty Macedo

No espaço sideral,
O amor desabrochou
De maneira formal
A Lua se apaixonou

Quieta em seu canto
Curtia sua paixão
Fascinada em encantos,
Ampliava a aspiração

Aspiração desconhecida
Fluía em seu interior
Aquilo dava-lhe a vida,
Junto, adveio o amor

Para ganhar o amado
A Lua não se acanhou,
Encheu-se de agrados
E ao Sol se mostrou

O amor ao Astro-Rei
Foi logo correspondido
Mas, o ciúmes da Lua
Deu tudo por perdido

No céu lindas estrelas
Criavam seus bailados,
Em seqüências arteiras
Deixavam o Sol admirado!

Das rivais, a Lua enciumou
Seu amor passou a ódio
E este, a sufocou

A Lua sem a percepção
Não notou que as estrelas
Acolhiam do Astro-Rei,
O amor de um irmão!!!

Autor(a): Manuel de Almeida (Manal)

 

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA