Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DATAS ESPECIAIS

INÍCIO DA PRIMAVERA
publicado em: 12/09/2017 por: Lou Micaldas

22 DE SETEMBRO - INÍCIO DA PRIMAVERA

A primavera é a estação do ano que se segue ao inverno e precede o verão, iniciando-se, no Hemisfério Norte cerca do dia 20 de março e terminando cerca de 21 de junho. No Hemisfério Sul, inicia-se por volta de 22 de setembro e termina em redor de 21 de dezembro. É tipicamente associada ao reflorescimento da flora e da fauna terrestres.

Do ponto de vista da Astronomia, a primavera do Hemisfério Sul inicia-se no equinócio de setembro e termina no solstício de dezembro.

Como se constata, no dia do equinócio o dia e a noite têm a mesma duração. A cada dia que passa, o dia aumenta e a noite vai encurtando um pouco, aumentando, assim, a insolação do hemisfério respectivo.

Estas pisões das estações por equinócios e solstícios poderão ser fonte de equívocos, mas deve-se levar em conta a influência dos oceanos na temperatura média das estações. Na primavera do Hemisfério Sul, os oceanos meridionais ainda estão frios e vão aos poucos aquecendo, fazendo a primavera ter temperaturas amenas ao longo da estação.

Para a região sudeste do Brasil, onde há a maior concentração populacional do país, é geralmente o fim da estiagem de inverno e o início da temporada de chuvas.

PRIMAVERA

Ah! quem nos dera que isto, como outrora, 
Inda nos comovesse! Ah! quem nos dera 
Que inda juntos pudéssemos agora 
Ver o desabrochar da primavera!

Saíamos com os pássaros e a aurora. 
E, no chão, sobre os troncos cheios de hera, 
Sentavas-te sorrindo, de hora em hora: 
"Beijemo-nos! amemo-nos! espera!"

E esse corpo de rosa recendia, 
E aos meus beijos de fogo palpitava, 
Alquebrado de amor e de cansaço.

A alma da terra gorjeava e ria... 
Nascia a primavera... E eu te levava, 
Primavera de carne, pelo braço!

Autor: Olavo Bilac, in "Poesias"
Enviado por: Marly

ENCANTAÇÃO DA PRIMAVERA

Brotam brotinhos na tarde feita
Só de suspiros:
O amor é um vírus...
Apenas o general de bronze continua de bronze!
O vento desrespeita todos os sinais do tráfego.
Velhinhos de gravata borboleta
Sobem e descem como autogiros.
O guarda de trânsito virou cata-vento.
As mulheres são de todas as cores como esses
manequins expostos nas vitrinas,
E onde é que estão, me conta, as tuas esperanças
mortas?!
Lá vão elas – tão lindas – vestidas de verde
Como Ofélias levadas pelos rios em fora
Enquanto eu nem me atrevo a olhar para o alto:
repara se não é
O Espírito Santo que vem descendo em lento vôo
E até Ele, até Ele, deve estar assim, – todo irisado
Como os olhos das crianças, como as maravilhosas
bolinhas-de-gude!

Autor: Mario Quintana
Em Primavera Cruza o Rio - Ed Globo – 1985

PRIMAVERA

Chegaste, enfim, maravilhada! !
Chegaste, como aguardei-te, afamada,
ansiosa, feliz e animada
a lua, as estrelas, a madrugada...

Chegaste, empurrada, arrastada,
O vento, as nuvens, a passarinhada
Em revoadas alegres arvoradas
Sem sol, sem chuva anunciada...

Chegaste, enfim, tão almejadas
As flores, assim, tão perfumadas
Como tela azul, iluminada
Num céu de amor e de amadas...

Chegaste, que espera angustiada...
A estação mais bela, aguardada
A Primavera querida e desejada
Com flores e esperança abençoada...

Primavera... Primavera
Tem as cores da aquarela...
Primavera  .... Primavera
Suas cores são as mais belas.!!

Autora: Yna Beta

PRIMAVERA, DE NOVO!...

Finalmente, chegou a estação das flores. Canta minh'alma, meu coração palpita!
A natureza me envolve, mais bonita,
Com seu perfume e nuances multicolores.
Sinto mais a emoção da vida ao redor...
Há um quê diferente... Coisas do amor!
A Primavera, reino do beija-flor,
Dá, aos amantes, uma atração maior.
Anseio estar mais com minha amada agora.
De mãos dadas, pelos bosques e jardins.
Colher pra ela violetas e jasmins,
Ao som dos pássaros, sob o olor da flora.
Nos três meses deste cenário florido,
Quero estar com ela no banco da praça,
Apreciar seu jeitinho cheio de graça;
Comigo, a trocar rimas ao pé do ouvido.
Primavera à noite... No apogeu, o amor!
Próximo da fonte luminosa, ao léu.
Ao perfume das flores... E a lua no céu;
A comunhão de desejos no esplendor...

Autor: Ógui Lourenço Mauri
Catanduva (SP)
Respeite os direitos autorais

PRIMAVERA

  Meu Deus! Que festa!
Os pássaros gorgeando,
As  borboletas em bando,
Que alegria será esta?
É a primavera voltando,
Com um colorido mais lindo,
De belas flôres se abrindo
E o seu perfume exalando...
Ao vê-las fico sorrindo,
O inverno  está se despedindo
Dando á ela seu lugar;
A primavera da vida,
Essa fase tão querida,
Passa e não torna a voltar!...

Autora: Hilda Persiani

FLORES E AMORES  

As flores do meu imenso jardim,
Azaléias, acácias, crisântemos e jasmins,
Suas cores são tão lindas e sutis,
Seus aromas são tão doces pueris,
Que vaidoso chego a pensar que no mundo
Não existem flores como as do meu jardim.
Rosas, violetas, gerânios e hortênsias,
Amarílis, margaridas, cravos e tulipas,
Miosótis, centúrias, anêmonas e camélias,
Íris, jacinto, deda leira e alfazemas,
Madressilva, lírio, begônias e orquídeas,
São tantas as flores
Como tantos foram os amores
Que floresceram no meu jardim
Hoje estou muito mais feliz, pois o narciso,
A gloxínia, o girassol, a prímula, a peônia,
E os ciclamens são flores que estão por
Desabrochar no meu lindo jardim
Com tantas flores e amores
Só agradeço a Deus
A Paz que carrego dentro de mim.

Autor: José Roberto Carneiro

FELIZ PRIMAVERA

Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou
Juntos outra vez

Já sonhamos juntos
Semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz
No que falta sonhar

Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim é facil inventar
Uma nova canção
Que venha nos trazer
Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor
Só nos resta aprender

Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar
Uma nova canção
Que venha trazer
Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor
Só nos resta aprender

Autores: Beto Guedes e Ronaldo Bastos

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA