Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DATAS ESPECIAIS

SÃO JOÃO NO MEU TEMPO
publicado em: 03/12/2015 por: Netty Macedo

Hoje, sozinho no meu canto, volto aos tempos de muita festa e de uma alegria ímpar. Como era diferente, quando uma rua era palco de uma algazarra e de comemoração na preparação de uma linda e alta árvore de São João.
No meu tempo, a comemoração era com todos os vizinhos. E, enquanto queimava a grande fogueira, fogos, como bombinhas busca-pés e rojões, espocavam e também os foguetes com três tempos.

Lembro que, na parte dos comes, a batata-doce inteira era cozida em volta das brasas e, como bebida, um quentão com muito vinho tinto.
Que alegria, meu povo! Como eram bons aqueles tempos. Como todos eram parceiros e amigos e ninguém tinha medo de nada.

Era uma festa pura, inocente, em que meninos e meninas, pais, tios e amigos desfrutavam com prazer. Imagina no meio de minha rua: o trânsito já era pequeno e ninguém se importava em fechá-la durante a festança. Tinha uma parte perigosa, pois os busca-pés andavam às cegas e se pegassem chamuscavam a sua vítima. Dependendo, queimavam a nossa pele.

Outra lembrança corajosa, mas bonita, era o caminhar nas brasas ou, ainda, pular; é lógico quando o fogo estava baixo. Às vezes o pulo era em falso e o valente esparramava brasas pra todo lado.
Que tempo lindo na noite mais longa e geralmente mais fria do ano. De repente, o tempo passou e as festas terminaram, pelo menos nas cidades.
Sei que no interior ainda se festeja. Mas será como antigamente?
Vou morrer um dia com certeza, mas levarei tanta beleza, tanta alegria e tantos amigos que hoje sou feliz por ter existido naquela época de um São João, repleto de felicidade e de grandes fogueiras.

Imagina! Hoje estou escrevendo em uma máquina que naquele tempo nem Júlio Verne previa.
Chega de mostrar o meu interior e minha visão de memória que jamais será esquecida. Feliz Festa de São João a todos que ainda hoje festejam.
E, aos que não festejam, feliz data do grande Santo.

Autor(a): Paulo Kwamme

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA