Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DATAS ESPECIAIS

TRAVALÍNGUAS
publicado em: 17/12/2015 por: Netty Macedo

"São parlendas que ajudam a dicção. Ao falar rapidamente as palavras, a língua costuma ficar presa, travada. Daí o nome de travalíngua".

Leia algumas:

O rato roeu a roupa do rei de Roma. O rei roxo de raiva rallhou pra rainha remendar.

Quem a paca cara compra, cara a paca pagará.

Debaixo da pia tem um pinto, quando a bica pinga, o pinto pia.

O peito do pé do pai do padre Pedro é preto.

Num ninho de mafagafos,
seis mafagafinhos há.
Quem os desmafagafizar
bom desmafagafizador será.

O bispo de Constantinopla
Quer se desconstantinopolizar
Quem conseguir desconstantinopolizar
O bispo de Constantinopla
Bom desconstantinopolizador será.

A babá boa bebeu o leite do bebê.

Farofa feita com muita farinha fofa faz uma fofoca feia.

- O Tatá tá?
- Não. O Tatá não tá.
- Mas o tio do Tatá tá.
E quando o Tatá não tá e o tio do Tatá tá é o mesmo que o Tatá tá. Tá?
- Tá!

A pipa pinga, o pinto pia. Quanto mais o pinto pia, mais a pipa pinga.

Lá vem o velho Félix com um fole velho nas costas. Tanto fala o velho Félix como o fole do velho Félix fala.

E era o sapo dentro do saco
E o saco com o sapo dentro
E o sapo fazendo papo
E o papo fazendo vento.

O tempo perguntou ao tempo
quanto tempo o tempo tem.
O tempo respondeu ao tempo
que o tempo não tem tempo,
nem tempo o tempo tem.

Quando digo "digo",
digo "digo", não digo "Diogo".
Quando digo "Diogo",
digo "Diogo", não digo "digo".

Jararaca é carajá. Jaca cara é jacaré.

Lanço o laço no salão.
O lenço lanço, a lança não.

Um papo de pato num prato de prata.

O sábio soube saber que o sabiá sabia assobiar.

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA