Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DICAS DE SAÚDE

A ingestão desse tipo de alimento pode causar ainda mais irritação ao seu intestino

Dados da pesquisa Datafolha (2017) mostram que cerca de 35% da população brasileira, com idade acima de 16 anos - 53 milhões de pessoas -, tem algum tipo de desconforto digestivo após o consumo de derivados do leite. Com isso, o mercado dos produtos chamados “sem lactose” tem crescido no Brasil. Mas eles são realmente a melhor opção? De acordo com a nutricionista e pesquisadora Aline Quissak, produtos “sem lactose” nada mais são que os produtos tradicionais derivados do leite com a enzima lactase. “Esses alimentos são os mesmos derivados do leite, a diferença é que neles é adicionada uma enzima química que digere a lactose, ao invés dessa função ser feita pelo seu intestino”, explica.

O intolerante a lactose é um paciente que tem pouca ou nenhuma facilidade de digestão do açúcar natural do leite, a lactose. Com isso, o intestino requisita mais força e água para auxiliar sua digestão, ficando ainda mais irritado e podendo causar diarreia, gases, flatulência e mal-estar. O problema, segundo a nutricionista, é que ao consumir esse tipo de alimento, podemos causar ainda mais desconforto ao organismo, que já está sobrecarregado: “Ao adicionar a enzima química, acabamos atrapalhando ainda mais o intestino, que já está inflamado e irritado; por isso, não aconselho aos pacientes que tem intolerância a consumir esses produtos”, avalia.

A melhor solução para esses casos é, com um tratamento adequado, tentar cicatrizar o intestino; optar por produtos com base de leite vegetal ou alimentos que sejam produzidos com o leite animal, mas naturalmente não tenham a lactose, como os famosos queijos maturados (meia cura, canastra). Outro empecilho para quem sofre com a intolerância é o custo, já que os leites vegetais tem valores bem mais altos. A dica da nutricionista nesse caso é tentar substituir o leite por outros alimentos: “Por exemplo, não precisamos adicionar leite em todas as preparações de bolo. Podemos usar suco de fruta, como o de maçã, que é neutro e traz umidade e maciez para a massa”, completa.

Agora, se você é daqueles que não vive sem o tradicional cafezinho com leite, por exemplo, uma boa solução é o leite de arroz, que é um dos mais baratos e traz benefícios nutricionais, além de que você pode prepara-lo em casa. Anote a receita preparada pela nutricionista:

Leite de Arroz

Ingredientes:

•          1 xícara de arroz
•          7 xícaras de água

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque o arroz e a água, cozinhando em fogo médio por cerca de 10 minutos ou até o arroz estar cozido. Desligue, coloque o arroz no liquidificador e acrescente mais 4 xícaras de água filtrada. Pulse oito vezes para liberar o amido do arroz na água e pronto.

Se preferir, você pode adicionar um pouco de amêndoas (oito) ou castanha de caju (dez) para que o leite fique mais nutritivo. Não precisa cozinhar, é só bater junto com o arroz e a água filtrada.

Essa receita rente 1 litro e deve ser armazenada em jarra de vidro, na geladeira, por até 3 dias.

Para mais informações sobre a nutricionista acesse a página oficial da nutri no Facebook (https://www.facebook.com/nutrisecrets/) e Instagram (instagram.com/nutri_secrets/) ou o site www.nutrisecrets.com.br

Colaborador(a): Bruna Bozza

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA