Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DICAS DE SAÚDE

PREPARE SEUS OLHOS PARA O FRIO
publicado em: 18/07/2019 por: Lou Micaldas

Baixas temperaturas e tempo seco são alguns dos fatores que prejudicam os olhos nesta época do ano.

Uma massa de ar frio que avança pelo território brasileiro será responsável pela queda da temperatura nos próximos dias, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A baixa nos termômetros tem divido opiniões, principalmente na internet. Independentemente de você gostar ou não do frio, alguns cuidados devem ser tomados, em especial, quando o assunto é saúde dos olhos.

“Durante os meses de inverno, o clima e o ambiente podem afetar os olhos. Tanto a baixa umidade, quanto o vento frio acabam secando os olhos”, explica Fernando Heimbeck, oftalmologista, especialista em Córnea, Cirurgia Refrativa e Lente de Contato do D’Olhos Hospital Dia, de São José do Rio Preto.

No caso de sensação de olhos secos, o médico orienta o uso de gotas de lágrimas artificiais. “Esse recurso ajuda a manter os olhos hidratados durante o dia. Mas o uso deve seguir a orientação do especialista, já que o excesso, tanto de lágrimas artificiais, quanto naturais, podem causar irritação e tornar a visão embaçada. Beber muita água e o consumo de sopa quente também ajudam a manter o corpo e os olhos hidratados. ”

Prevenção

Óculos de proteção ou óculos de sol são excelentes aliados para o período de baixas temperaturas. “O uso óculos ajuda a minimizar o contato direto do vento com os olhos. Além disso, mesmo com o tempo fechado e os termômetros mais baixos, a incidência de raios solares permanece, bem como o impacto nos olhos.”

Para os moradores de lugares mais frios, ou turistas que forem ter contato com a neve, o uso de óculos com proteção UV é indispensável. “A neve, por ser branca, reflete totalmente os raios ultravioleta e, com isso, atingem a córnea, podendo causar ceratite ou cegueira da neve, das quais são sintomas visão embaçada, dor, ardor lacrimejamento e sensibilidade a luz”, alerta o oftalmologista.

Em situações de inverno mais severos, as pessoas podem apresentar vermelhidão, sensibilidade e inflamações na área dos olhos, além de pálpebras inchadas e pequemos espasmos, ou tiques involuntários das pálpebras. Neste período do ano doenças como alergias oculares e conjuntivite também tornam-se mais frequentes.

A visita frequente ao oftalmologista é a melhor forma de manter a saúde dos olhos em dia, independentemente das estações climáticas.

Autor(a): Fernando Heimbeck

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA