Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DICAS DE SAÚDE

VOCÊ SABE O QUE É HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA?
publicado em: 18/04/2017 por: Lou Micaldas

Patologia considerada crônica, pode afetar grande parte da população do sexo masculino

O câncer de próstata é um dos diagnósticos mais temidos pelos homens que ultrapassam a faixa dos 40 anos de idade. No entanto, essa não é a única patologia que merece a atenção por parte do público masculino. A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), que consiste no aumento do tamanho da glândula próstata, também pode impactar severamente na qualidade de vida de quem desenvolve tal distúrbio. Caso não seja tratada, a HPB pode comprimir a uretra, obstruir por completo o canal da urina e, consequentemente, causar retenção urinária e até insuficiência renal.
 
Segundo estudo realizado no ambulatório de urologia do Centro de Referência da Saúde do Homem do estado de São Paulo, as taxas de incidência da patologia já são significativas: de 25% para a população masculina com mais de 50 anos, 30% para pacientes a partir dos 65 anos,  e 90% para os idosos com mais de 80 anos.
 
Considerando que a população masculina com mais de 50 anos de idade já chega a quase 18 milhões no Brasil, de acordo com estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o cenário é preocupante, e fica ainda mais evidenciado pelos os dados de uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia, que revelou que 77% dos homens não realizam o exame de toque (também indicado para a identificação do câncer de próstata) por preconceito e 54% por medo.
 
De acordo com especialistas, atualmente, a combinação dos fármacos dutasterida e tansulosina é uma das mais indicadas para o tratamento da HPB, aliviando rapidamente os sintomas que incomodam o paciente e impedindo, assim, que a próstata cresça e o problema se intensifique. Entretanto,  vale ressaltar que somente o urologista poderá avaliar qual o tratamento medicamentoso mais apropriado para o quadro de HPB do paciente.
 
Confira agora alguns dos sintomas que podem ser indicadores da Hiperplasia Prostática Benigna (HPB):
 
1. Jato de urina muito fraco ou reduzido;
2. Necessidade frequente de urinar, especialmente à noite;
3. Sensação de que a bexiga não se esvaziou completamente e ainda persiste a vontade de urinar;
4. Dificuldade de iniciar o ato de urinar;
5. Dificuldade de interromper o ato de urinar;
6. Urinar em gotas ou jatos sucessivos;
7. Necessidade de correr ao banheiro, podendo, inclusive, ocorrer vazamento antes de chegar nele.
 
É importante alertar que, no surgimento de qualquer um destes sintomas, um urologista ou um médico especializado deve ser procurado para a realização do diagnóstico correto e do tratamento mais adequado para o caso.

Autor(a): Gisele Gomes - gisele@mapacomunicacao.com.br

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA