Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / E AÍ, BICHO?

COM QUE FREQUÊNCIA UM GATO DEVE TOMAR BANHO?
publicado em: 05/04/2018 por: Lou Micaldas

Os felinos são conhecidos por sua higiene constante e sistemática. Podem completar essa tarefa com muito sucesso utilizando apenas a sua língua, que possui filamentos finíssimos que agem como uma escova. Porém, mesmo assim devemos higienizá-lo. Descubra hoje com que frequência um gato deve tomar banho.

Os felinos também são conhecidos por não gostarem de água, mas esta característica peculiar tem uma razão. A pele desses animais é muito sensível ao tato, e por isso pode ser afetada pela temperatura da água. Por essas razões, é recomendado dar banho em um gato com água morna, para conseguir uma aceitação maior por parte do peludo.

Antes era comum dizer que não era aconselhável dar banho em gatos. Entretanto, especialistas comprovaram que o banho não é um perigo para o bichano. O problema é fazer ele se acostumar com isso.

Dar banho em um gato desde pequeno

Se ensinamos o gato a tomar banho assim que sua fase de socialização começa (entre 2 e 3 meses de idade), ele não ficará tão incomodado nas próximas vezes.

Raças mais propensas a tolerar o banho

O único gato que tolera a água sem muita resistência é o Van Turco. Essa raça costuma ter uma atitude bastante positiva em relação ao banho. As outras raças, por mais mansas que sejam, podem ficar agressivas durante uma ducha, a menos que estejam acostumadas a ela.

Outro motivo para não abusar dos banhos nos felinos é que eles podem perder os óleos naturais de sua pele, que servem como proteção natural. Essas substâncias são necessárias para manter a saúde do animal.

Frequência do banho

Os especialistas não recomendam dar banhos no gato de maneira contínua. A não ser que seja extremamente necessário, como nos casos em que o animal se sujou com produtos tóxicos, o banho não é motivo de urgência.

Nas outras situações, contanto que o gato esteja saudável e sua pelagem esteja em boas condições, bastará a sua higiene cotidiana, feita com lambidas.

Alguns especialistas recomendam dar banho em um gato a cada 5 ou 6 meses. Outros aconselham fazer isso a cada 5 semanas. Mas o tempo entre um banho e outro é diretamente proporcional à reação da pele e a pelagem do animal.

A hora do banho

É recomendável usar luvas de jardinagem ao dar banho em um gato. Assim, poderemos proteger nossas mãos de possíveis agressões contra a gente durante o banho. Além disso, as luvas nos ajudam a manter um melhor controle sobre o felino.

Outras recomendações importantes

Coloque um pano ou tapete antiderrapante no piso para que o gato afunde as garras e não possa causar danos a si mesmos ou a nós. Também evitaremos que escorregue com facilidade e que se assuste, o que apenas trará mais problemas na hora do banho.

É preciso ter muito cuidado para que a água não entre nos ouvidos do felino. Para isso, podemos usar tampões de ouvido. 

Outra dica é usar um balde ou mangueira para ter mais controle na hora de molhar o bichano.

Na hora de começar o ritual de higiene, devemos estar tranquilos, já que as nossas emoções durante o procedimento são transmitidas para o gato.

É uma boa ideia cortar as unhas do gato antes de começar o processo do banho. Assim reduziremos os riscos de danos em nós e no próprio animal.

Devemos colocar o gato na banheira com muito cuidado. A melhor forma de fazer isso é com a mão direita na nuca e a esquerda no tronco. Tudo isso mantendo certa distância do animal, para evitar arranhões. Em seguida, solte o felino aos poucos, com movimentos muito sutis, no piso do box ou da banheira.

Deixaremos que o animal se acostume com o entorno antes de começar a dar banho. Assim, ele terá mais confiança e se manterá mais calmo.

É recomendável usar um shampoo especial para a pelagem do gato, já que cada tipo tem um produto especializado. Não podemos usar shampoos para cães ou pessoas nos felinos. Caso seja muito necessário, usaremos um sabonete neutro. No entanto, esse produto pode causar certos efeitos secundários, como irritação, perda de pelo e coceira.

É recomendável dar algum tipo de recompensa para o gato depois do banho. Dessa forma, ele associará a hora do banho como uma experiência positiva e poderemos lavá-lo com mais frequência. A recompensa pode ser uma guloseima, quanto mais saudável melhor.

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA