Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / E AÍ, BICHO?

Temperaturas elevadas ou baixas costumam acender o alerta em tutores e cuidadores de animais domésticos. Uma das perguntas mais comuns é: cães e gatos sentem frio? Sim, claro! Assim como seres humanos, os animais têm sensações e sentimentos, portanto, quando a temperatura cai, eles sentem bastante.
 
Você pode ajudar seu cão ou gato a passar pelo inverno sem sofrimento mudando pequenos detalhes na rotina. Deixe sempre seu amigo no mesmo ambiente que você, se o chão da sua casa for de pedra, o ideal é isolar o espaço do animal com um cobertor ou pano mais quente.

O banho deve seguir com água morna, assim como no verão, isso porque eles têm uma temperatura corporal mais alta do que a nossa e não precisam – nem podem – tomar banhos quentes. Mas atenção na hora de secá-lo, pois os pelos não podem ficar úmidos ou molhados.

E os passeios não podem deixar de acontecer mesmo nos dias de frio mais intenso. Além de ser o momento em que ele mais aproveita o dia, a movimentação do passeio vai ajudá-lo a se aquecer. Mesmo com neve, como em certas regiões do país ou em outros países, você não deve colocar protetor nas patinhas do cachorro, pois eles têm uma proteção natural para isso.
 
Mas, o mais importante, lembre-se sempre dos animais que ainda não têm um lar e têm de passar pelos dias de frio rigoroso sem qualquer proteção ou acolhimento. Apesar de terem uma camada de pelo que os protege do frio, cães e gatos podem morrer de hipotermia, assim como nós.

Nossos amigos vira-latas estão entre os que mais sofrem com o frio, já que grande parte dos cruzamentos de raças não traz uma linhagem de animais de pelos longos. Nos dias de frio intenso, lembre-se: assim como você, ele também está sofrendo com o clima e precisa da sua ajuda. Tente levá-lo a um abrigo, como uma casinha ou um espaço mais quente, quem sabe até mesmo um novo lar.

Colaborador(a): Cristina Abreu

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA