Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / FIQUE POR DENTRO

Com ilustrações de Maurício de Sousa, os personagens da Turma da Mônica devem provocar empatia e identificação da criança com conflitos apresentados.

A nova coleção Bem-Me-Quer da Turma da Mônica, escrita pela psicopedagoga e arte-terapeuta Paula Furtado e ilustrada por Maurício de Sousa aborda temas sensíveis e complexos para o público infanto-juvenil, como ansiedade, luto, tristeza, medo e raiva.

Idealizada para conscientizar crianças, jovens e até adultos, a coleção deve evocar empatia e identificação do público com os conflitos apresentados.

Paula, que é especialista em Neuropsicopedagogia e Contos Infantis, conta que para facilitar a projeção dos pequenos, foram selecionados os temas emocionais mais recorrentes do universo infantil que ela tem constatado em seu trabalho no consultório como psicopedagoga.

Pais e professores podem usar os contos para trabalharem assuntos considerados difíceis e sensíveis de forma direta e lúdica. Em cada história, os personagens da Turma da Mônica buscam aprender sobre os próprios sentimentos e descobrir maneiras de transformá-los, sempre contando com a ajuda dos amigos.

Para Paula Furtado, as histórias possibilitam a elaboração das dores emocionais. “Dar voz a essas emoções possibilita o acolhimento dos sentimentos da criança e a reflexão”, enfatiza a psicopedagoga.

‘Caraminholas na cachola’
Nesta história, o leitor é convidado para conhecer Nando, um menino que se mudou recentemente para o bairro do Limoeiro.

Nando é um garoto muito inteligente, mas também muito ‘cismado’. Ele costumeiramente tem a sensação de que algo ao seu redor está errado. Certo dia, ele escuta sua tia dizer em tom de brincadeira que ele tirou ‘apenas’ 9,5 na prova de Matemática.

A partir de então, as caraminholas só cresceram em sua cabeça. Como será que Nando e a Turma vão resolver essa situação?

‘Para sempre no meu coração’
O enredo apresenta Dorinha, uma menina muito inteligente, simpática e bastante extrovertida. Tem muitos amigos e participa das brincadeiras e aventuras com a Turma da Mônica.

Como não consegue enxergar, a querida vovó Zinha mostrou a ela que o mundo não é feito só de imagens, mas também de aromas, sons, gostos e sensações.

Quem se debruçar sobre as páginas dessa história descobrirá como Dorinha vai se sair nas mais diferentes situações. E com um final comovente.

O tema luto para crianças, também abordado nesse livro, é mais amplo do que a morte de pessoas queridas ou animais de estimação. Está também ligado às perdas cotidianas e frustrações.

‘A grande festa’
Júlia, a nova aluna da escola do Limoeiro, era uma menina que não falava nem sorria. Mônica e seus amigos tentavam se aproximar dela, queriam conhecer a nova amiga, mas ela sempre se afastava.

No entanto, a Turma não vai desistir facilmente de fazer a nova colega se aproximar e sorrir. Como será que a Turma vai resolver essa situação?

‘Era uma vez uma nuvenzinha’
Nesta obra, os leitores vão conhecer uma nuvenzinha roxinha, roxinha, feita de mau humor. Ela adora pousar na cabeça das pessoas que estão com raiva.

Até que, um dia, ela decide passear no bairro do Limoeiro e causa um grande alvoroço. E agora, como a turminha vai resolver esse problema para trazer bom humor de volta?

O tema do quarto livro da coleção Bem-me-quer é a raiva, uma emoção natural que nos permite perceber se algo está errado ou não está funcionando de acordo com o esperado.
 
A raiva é um sentimento de protesto contra algo ou alguém. Os motivos que desencadeiam essa emoção são diversos, como insegurança, frustração e timidez, entre outros.

‘Circuito Aventura’
Nessa história, as crianças foram para o acampamento Sítio Circuito Aventura. Em meio a planos infalíveis e muita alegria, Mônica, Cascão, Cebolinha e Magali terão de mostrar toda a sua coragem e cumplicidade com seus amigos para enfrentar os maiores desafios. Será que vão conseguir?

O livro Circuito Aventura trata do medo; esse sentimento pode surgir de maneira real ou fantasiosa na vida da criança. De qualquer uma das formas, pode criar desconfortos físicos ou emocionais.

A maioria dos medos está associada à insegurança sentida pela criança, principalmente em situações desconhecidas, o que é esperado, pois é na infância que o mundo começa a ser descoberto e revelado.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Autor(a): Gabriel Pietro
Fonte: ND Mais/Imagens: Girassol Brasil Edições/Mauricio de Sousa Produções
Colaborador(a): Ricardo Pereira de Sá

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA