Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / HORA DA MÚSICA

CATULO DA PAIXÃO CEARENSE
publicado em: 02/12/2016 por: Lou Micaldas

Catulo da Paixão Cearense era poeta e declamador. Cantado e decantado por várias gerações, nasceu em São Luís, Maranhão, em 1863.

Compôs "Luar do Sertão", seu maior sucesso, em 1910. Sua parceria com João Pernambuco (João Teixeira Guimarães) tornou-se polêmica, mas na verdade serviu para divulgar ainda mais o Luar do Sertão, tema que o acompanhou em sua partida para a eternidade.

Nas audições Catulo recitava e tocava violão levando o povo ao delírio. E ele conseguia romper as barreiras do elitismo, tocando violão, instrumento considerado maldito, nos salões da mais alta sociedade do Rio.
Inesquecível também é sua composição "Ontem, ao Luar", uma das mais populares da segunda década de 1900, que traz à tona o seu espírito romântico e apaixonado. A música é do flautista e compositor Pedro Paulo de Alcântara.
No final da vida, ele morava num barraco de madeira em Engenho de Dentro, numa rua que hoje se chama Rua Catulo da Paixão Cearense. A grande fortuna de Catulo foi essa: a adoração popular.
Vamos relembrar cantando suas poesias.

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA