Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / HORA DA MÚSICA

FRANK SINATRA
publicado em: 22/08/2019 por: Lou Micaldas

Francis Albert Sinatra, nasceu no dia 12 de dezembro de 1915 em Hoboken, New Jersey. Era filho único dos imigrantes italianos Anthony Martin, bombeiro, e Natalie Della "Zorra", enfermeira. Sinatra abandonou os estudos, decidido que seguiria os passos de seu ídolo Bing Crosby.

Em 1935, participou de um programa de rádio chamado "Hora do Amador". Depois de alguns anos, Sinatra estava cantando regularmente em diversas estações de rádio.

Sinatra ficou conhecido não apenas por sua voz aveludada e potente, mas por seu talento como ator em filmes como "A um Passo da Eternidade" e "O Homem do Braço de Ouro". Pelo canto, ganhou o apelido conciso de "The Voice" (a voz) como se comparada à sua nenhuma outra fosse voz. Como galã, Frank Sinatra ficou conhecido pelo apelido de "Blue Eyes" (olhos azuis).

O sucesso seguiu-o e assim foi gravada a primeira canção de Sinatra, em 1939, com a Orquestra de Harry James. Em 1946, ele assinou um contrato de cinco anos com a MGM. Participou de diversos filmes e casou-se com sua estrela favorita: Ava Gardner.

Nos anos 40 Frank Sinatra fazia garotas desmaiarem. Na alta-sociedade de Hollywood, foram poucas as senhoras e senhoritas que resistiram ao charme dos olhos azuis. Desde sua Nancy até Ava Gardner, Sinatra foi considerado o Casanova do século XX e, cinco décadas depois, ainda vende milhões de discos.

Sinatra anunciou sua aposentadoria em 1971. Porém, em 1973, voltou à televisão em um especial e lançou o álbum, "Os Olhos Azuis Estão de Volta".
Antes de se aposentar definitivamente, em 1995, ainda recebeu duas homenagens grandiosas, recheadas de convidados ilustres: um megashow de despedida, comemorando seus 80 anos (registrado no álbum Sinatra 80th - Live In Concert, do mesmo ano), e dois discos, revisitando seu repertório clássico em duetos com famosos cantores. Mas o mito não entrou no estúdio com os convidados. Todo o trabalho foi resultado da tecnologia. O primeiro "Duets foi em 1993. Em Duets II (1994), foi a vez de Tom Jobim ser um dos convidados ilustres.


Frank Sinatra no Maracanã

Aos 65 anos, levou 200 mil pessoas ao Maracanã e aos 83 anos, era o único octogenário do planeta a ter contrato com a grande gravadora Capitol/EMI.
Frank Sinatra faleceu em 14 de maio de 1998, em consequência de um ataque cardíaco.

A arte de viver, de autoria de Bill Zehme, lançado pela Ediouro, revela pequenos detalhes da vida do homem público que mais relutou pra defender sua vida privada.

Segundo o escritor Rui Castro, Sinatra influiu diretamente no dia-a-dia de milhões de pessoas, para melhorá-las: "todas as vezes que um disco seu foi posto para tocar, elas se sentaram para ouvi-lo. A cada três minutos [tempo de duração de cada faixa], essas pessoas tiveram um contato vivo com a beleza, a excelência e a sensibilidade. Multiplique isso por duas mil faixas e pelos zilhões de vezes que elas foram escutadas. Não creio que o século 20 tenha fundos para resgatar sua dívida emocional para com Sinatra".

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA