Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / HORA DA MÚSICA

WANDO
publicado em: 04/01/2019 por: Lou Micaldas

Wando, nome artístico de Wanderley Alves dos Reis, (Cajuri, 2 de outubro de 1945 — Nova Lima, 8 de fevereiro de 2012) foi um cantor brega-romântico brasileiro. Além da música, era conhecido por ganhar calcinhas de suas fãs durante os shows. Wando possuía uma coleção da vestimenta estimada em 17 mil peças.

O hipocorístico Wando foi dado por sua avó. Ainda pequeno mudou-se de Cajuri para Juiz de Fora, onde se formou em violão erudito e começou a lidar com música por volta dos 20 anos. Nessa época já participava de conjuntos e se apresentava em bailes na região. Mais tarde muda-se para Volta Redonda (estado do Rio de Janeiro), onde trabalhou como caminhoneiro e feirante.

Sua carreira de cantor iniciou-se em 1969 e o sucesso veio em 1973, quando gravou seu primeiro disco na Discos Copacabana. Compôs para outros medalhões da MPB, como Jair Rodrigues, que no ano de 1974 gravou “O Importante é Ser Fevereiro”. Em 1975, Ângela Maria gravou "Vá, mas Volte". “A Menina e o Poeta” foi gravada por Roberto Carlos em seu álbum de 1976. "Moça" (1975), "Chora Coração" (1985), que fez parte da trilha sonora da telenovela Roque Santeiro, e, principalmente, "Fogo e Paixão", lançado no álbum O Mundo Romântico de Wando, de 1988, foram seus maiores sucessos.

Em 27 de janeiro de 2012, Wando foi internado na UTI de um hospital em Belo Horizonte com problemas cardíacos graves. Foi submetido a uma angioplastia de emergência e passou a respirar por aparelhos. Sua morte, por parada cardiorrespiratória, foi anunciada às 8 horas da manhã de 8 de fevereiro de 2012 no Biocor Instituto em Nova Lima, Minas Gerais.

ADEUS WANDO!

Wando, tua partida me fez recordar
nossa infância na pequena Cajuri,
quando frequentamos o Grupo Escolar
que, até hoje, não me esqueci.

Lembro-me de que eu te provocava
e a ponta do lápis sempre te enfiava.
Como eu era muito imaginativa
para não apanhar, saía com Dona Diva

Saíste do Grupo e mudaste de Cajuri
para a cidade grande, ouvia dizer.
Muito tempo depois, ao chegar aqui,
teu sucesso estourava, vim a saber.

Hoje, os anjos vieram te buscar,
porque também querem te ouvir.
No céu, todos irão se alvoroçar
e bis, certamente, irão pedir.

RJ 08/02/12
Autora: Maria Tomasia

Esta é uma página cultural para divulgar as músicas preferidas e sugeridas pelos nossos internautas, sem interesse comercial, financeiro ou econômico, pois arcamos com todas as despesas para mantê-la no ar. Não temos patrocínio.
Tudo o que fazemos é com muito amor para os nossos "velhosamigos".
Lou Micaldas

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA