Logomarca Velhos Amigos
LITERATURA / HORA DA TROVA

MEU AMOR, QUE MAIS DESEJO?
publicado em: 10/05/2018 por: Lou Micaldas

Meu amor, que mais desejo?  
Eu só desejo, na vida,
beijar-te e, acabado um beijo,
começar outro em seguida.
Magdalena Léa 

Na biblioteca há mil sábios
a nosso inteiro dispor.
-- Sem sequer mover os lábios,
cada livro é um professor.
Antonio Augusto de Assis

Da minha vida mesquinha         
suporto as dores cantando,
pois minha mãe - coitadinha -    
não pode me ver chorando.
Adauto Gondim

Ao ler uma bela trova
depois que pronta ficou,
- quem calcula a dura prova
por que o poeta passou?
J.G. de Araújo Jorge

Pela sua grande crença,
salvou-se, na Arca, Noé:
- não há dilúvio que vença
um homem cheio de fé!
Dulce De Mello Monte-Mór 

Vestem-se as águas de prata,
saltam no espaço vazio.
Findo o show da catarata,
sereno refaz-se o rio...
Antonio Augusto de Assis

Mentes tanto, e nem presumes
que um dia ainda te firas
nestas armas de dois gumes
que são as tuas mentiras?
Magdalena Léa

Pelos cálices dos sinos
bebo a mais doce harmonia
que se espalha nestes hinos,
na hora da Ave Maria!
Felício Alves

Numa espera doce e mansa,
qual zelosa tecelã,
bordo rendas de esperança
para enfeitar o amanhã.
Jeanette Monteiro de Cnop

Desde que te vi, formosa,
de olhares tão sedutores,
nunca mais achei que a rosa
fosse a rainha das flores!
Indouro Gomes 

Não sei... de manso tu falas,
com tanta graça e pudor,
que, mesmo quando te calas,
sinto a presença do amor!
Maria Idalina Jacobina

O céu é lindo, convenho,
mas tão alto e tão incerto...
- Nesses teus olhos eu tenho
um céu mais lindo e mais perto!
Oscar Baptista 

Ninguém leva para a cova
seu mais legítimo bem.
- E nisto reside a prova
de que nada é de ninguém.
José Rodrigues Crespo

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA