Logomarca Velhos Amigos
LITERATURA / HORA DA TROVA

NOSSO AMOR, QUE SE RENOVA,...
publicado em: 07/03/2018 por: Lou Micaldas

Nosso amor, que se renova,
aumenta em tal proporção
que não cabe numa trova     
nem dentro do coração.
Adauto Gondim     

Minha sogra, aquela bruxa,
num fusca mandando brasa,
e eu fico pensando: – puxa!
com tanta vassoura em casa!
Magdalena Léa

A mulher no aniversário,
sempre deseja que a gente
se esqueça do seu passado,
mas nunca do seu presente.
Eno Theodoro

O Amor para ser gostoso,
jamais deve ser pamonha.
Tem de ser escandaloso,
cego, surdo e sem-vergonha!
A.A. de Assis

O Homem sempre há de penar
nas mãos da mulher que amou: 
antes por querer casar,
e, depois porque casou.
Antônio Zoppi

Debaixo da nossa cama
que tu deixaste vazia,
o meu chinelo reclama
o teu chinelo, Maria
Assis Murad

Não cobices a mulher 
do próximo, nunca mais!
Especialmente se o próximo
está próximo demais...
Eno Theodoro

Minha sogra é mesmo o fim.
Eu digo e tenho vergonha:
duvida tanto de mim
que acredita na cegonha.
Antonio Carlos Pinto

Felicidade consiste
num contraste extraordinário:
esperar tudo que é triste
e acontecer o contrário.
Lamartine Babo

Distraída, distraída,
é a mulher do Januário, 
ouve à porta uma batida, 
tranca o marido no armário.
Magdalena Léa

As suas cartas, senhora,
releio-as de quando em vez.
Mas nelas só vejo agora
os erros de português...
Paulo Emílio Pinto 

Eu vou aqui na beirada,
Ela ao lado da janela.
Graças às curvas da estrada,
Vou sentindo as curvas dela. 
Colbert R. Coelho

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA