Logomarca Velhos Amigos
LITERATURA / HORA DA TROVA

PORQUE TEME ENVELHECER?
publicado em: 19/11/2019 por: Lou Micaldas

Autor do pensamento: Augusto Cury

 

Porque teme envelhecer?
Envelheça, a fronte erguida.
Um ano mais quer dizer
que a vida lhe dá mais vida 
Magdalena Léa

Quantos pássaros voando!
Quantas flores no jardim!
Quantas cigarras cantando!
Quantas saudades em mim! 
Benedito Cunha Melo

Se essa estrada que foi nossa
dividiu-se, não destruas
nenhum atalho que possa
juntar outra vez, as duas...
Alba Christina Campos Netto

Na estrada sem estações
onde jamais há demoras
minutos são os vagões
do “trem-sem-volta” das horas!...
Lavínio Gomes de Almeida

Considere a dor, sem drama,
e carregue a sua cruz,
veja que a vela arde em chama
e morre...ao nos dar a luz!
Vanda Alves da Silva

Não dês a ninguém o gosto
de ver pela tua face,
na tristeza do teu rosto,
o que em tua alma se passe...
Petrarca Maranhão

Minha vizinha é tão feia
que, aparecendo à janela,
o furacão a rodeia
com medo de tocar nela! 
Adélia Victória Ferreira

Nenhum barco... o mar parado.
Noite... silêncio... abandono...
E o velho farol, cansado,
parece piscar de sono...
Durval Mendonça 

Bodas de ouro, que ventura!
O tempo agora retrata,
na aquarela da ternura,
nossos cabelos de prata...
Hedda de Moraes Carvalho

No mar imenso da vida,
conturbado de paixões,
sofrem muito os lambaris
na boca dos tubarões...
Sebastião Paulo do Valle

Sofrem também seus apuros
as leis sobrenaturais:
- estão nascendo imaturos
e estão morrendo imortais...
Felício Alves

Mentiste. A felicidade
só mentida, assim se expande...
Nem podia ser verdade
felicidade tão grande!
J.G. de Araújo Jorge

A marca determinante
de um vencedor tem dois traços:
a luz – moldando o semblante,
e a fé –guiando os seus passos!
José Ouverney

Ó brisa da madrugada,
aura de asas silenciosas:
será teu sopro de fada
que acorda tão cedo as rosas?
Gentil Fernando de Castro

Com minha alma ressabiada,
espanto a ingrata paixão
com cerca eletrificada
no muro do coração!...
Severino Silveira De Sousa

Hei de te amar – ele jura –
até velhinho – que lindo!
e ver nossa dentadura
no mesmo copo... sorrindo.
Magdalena Léa

Dói muito ver um canário
cantando humilhado e triste
em troca do vil salário
de um punhadinho de alpiste!
Antonio Augusto de Assis

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA