Logomarca Velhos Amigos
LITERATURA / HORA DA TROVA

QUANDO VOLTO AO MEU RINCÃO
publicado em: 20/07/2018 por: Lou Micaldas

Quando volto ao meu rincão
piso a terra comovida.
 - Cada pedaço de chão
conta um pedaço de vida.
Magdalena Léa 

Felicidade consiste
num contraste extraordinário:
esperar tudo que é triste
e acontecer o contrário.
Lamartine Babo

Amai-vos, e as derradeiras
muralhas hão de cair.
-- Havendo amor, as fronteiras
não têm razão de existir!
Antonio Augusto de Assis

Nessa eterna e dura lida
renasço a cada momento
lavando as dores da vida
no rio do esquecimento...
J.G. de Araújo Jorge  

Eu vou aqui na beirada,
Ela ao lado da janela.
Graças às curvas da estrada,
Vou sentindo as curvas dela. 
Colbert R. Coelho

No dia em que tu quiseres
ser meu senhor e meu rei,
serei todas as mulheres
na mulher que te darei.
Nidia Yaggi

Em meus delírios te vejo
surgindo na escuridão,
toda vez que o vento andejo
bate a tranca do portão..
José ouverney.

Na hora da minha morte,
quero lápis e papel,
para fazer o transporte
de uma trova para o céu.
Denancy Melo Anomal  

Dia das Mães! Não se esqueça
dos presentes de ninguém:
- por incrível que pareça,
sua sogra é mãe também...
Dulce De Mello Monte-Mór 

Tu fazes lindos castelos
com areia do jardim.
-- Criança, os sonhos mais belos
são feitos também assim!
Jeanette Monteiro de Cnop 

Vende-se loira estupenda...
bonita, nova, um amor!
Quanto ao motivo da venda...
explica-se ao comprador.
Nelson Ferreira da Luz 

A vaidade de um poeta
que conhecemos a fundo,
se fosse coisa concreta,
não caberia no mundo...
José Rodrigues Crespo

Tudo sinto na alma, o enlevo
das histórias infantis.
- Lobato, quanto te devo
da minha infância feliz!
Magdalena Léa 

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA