Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / NOSSAS VIDAS

UMA GRANDE EXPERIÊNCIA!
publicado em: 21/12/2015 por: Netty Macedo

Sou gaúcha, de Porto Alegre/RS e resido no Rio de Janeiro, há 20 anos. Sou apaixonada e inveterada pelo Rio. Foi aqui que minha vida aconteceu. Logo que cheguei ao Rio, descobri que minha filha caçula estava com câncer. E seis meses depois, ela se foi. Comecei então, a trabalhar com crianças internadas com câncer. Fui inclusive fazer terapia ocupacional para melhor ajudar estas crianças. Foi assim durantes mais ou menos 17 anos.

Me separei do pai dela. Uma relação de 20 anos onde há 12 anos, não nos falávamos. Há 5 anos, ele voltou para Porto Alegre. Minha filha mais velha casou e foi morar em São Paulo. Porém, há 3 anos, voltou para Porto Alegre para morar com seu pai e família (marido e filho). Chegando lá, engravidou, novamente, e em seguida, descobriu que estava com uma doença muscular grave. Onde poderia ficar paraplégica.

Havia 2 anos e meio que eu não a via. Enlouqueci, quando soube e fui de mudança, para Porto Alegre, sem pestanejar, durante um ano e meio. Neste intervalo, tive outra relação que durou apenas 6 anos. E, fazem 7 anos que estou só e descendo a ladeira. A ladeira da vida. Perdi tudo que tinha materialmente e também minha outra filha, de forma diferente. Ela não quer falar mais comigo. Se voltou somente para o lado do pai.

Talvez este tenha sido o período mais importante da minha trajetória, nesta existência. Pois o aprendizado é intensivo e muito duro. Sofri as piores humilhações, pela minha filha e genro, tendo pinceladas de meu ex-marido. Porém, não tinha alternativa, no momento. Pois não podia bancar, financeiramente, nenhum espaço.

Foi quando surgiu uma oportunidade única! A filha de minha amiga iria casar e fui convidada para madrinha e teria que ir a Belo Horizonte, onde seria o casamento. Fui patrocinada por ela. E, percebi que estava a poucos quilômetros do Rio e poderia ir, de carona, com outros amigos, que também estavam no casamento, até o Rio. Fui sem exitar. E, acredite, com R$50 na carteira, sem emprego, apenas com muita vontade de vencer. Pedindo sempre a Deus que me desse uma oportunidade de recomeçar minha vida. E fui ouvida!!

Hoje, estou literalmente recomeçando minha vida. Teria outras tantas linhas para escrever. Porém acho que estas já bastam para dizer com este discurso, que quero e preciso ajudar o outro. Passando minha experiência de vida. Pois, apesar dos pesares, nunca perdi meu humor nem tão pouco meu riso. Encontrando ainda, no caminho, muitas pessoas queridas.

Amigos que encontrei e fiz são uma alegria de viver. Com humor é possível resgatar a criança que existe em todos nós. Por isso, contatei teu site. Quero conhecer todos os caminhos possíveis para ajudar essas pessoas.

Deves me perguntar: Por que idosos, hoje, se trabalhei a vida toda com crianças? E eu respondo: Porque atualmente só tem aparecido esta clientela para eu atender e tem sido muito gratificante. E, como perdi minha mãe com Alzheimer, atribuo também a isso. E, acima de tudo, porque todos nós temos uma criança interna.

Muitíssimo obrigado pela atenção e quem sabe não possa fazer um link em teu site de peerguntas/respostas sobre "os benefícios da terapia ocupacional, na terceira idade", enfocando minha experiência de vida. Nunca é tarde, para se buscar a felicidade. É uma sugestão!! Entrego a Deus!!

Autor(a): Angela Maria Haselof

 

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA