Logomarca Velhos Amigos
DIVERSÃO / PIADAS

PIADAS - CHARGES - 17-02-2016
publicado em: 16/02/2016 por: Netty Macedo

CHARGES

PIADAS

O PRÊMIO DO CAIPIRA

Um caipira ganhou um smartphone no sorteio.
Ao ser perguntado o que faria com o prêmio, ele respondeu:

- O fone vou ficar prá mim, e o smart vou dá prá minha irmã passar nas unha...

A ESPOSA IRRITANTE

Um agricultor tinha uma esposa que lhe incomodava sem piedade.
De manhã à noite, ela estava sempre reclamando de alguma coisa.
O único momento de alívio era quando ele estava arando com sua mula velha.

Um dia, quando ele estava arando, sua esposa trouxe-lhe o almoço no campo.
Ele levou a velha mula para a sombra, sentou-se em um toco, e começou a comer o seu almoço.

Imediatamente, sua esposa começou a importuná-lo novamente.
Reclamar, reclamar, criticar, sem parar.
De repente, a velha mula deu um coice na mulher acertando-a na nuca.
Resultado: morte instantânea

No outro dia, no funeral, o padre notou algo bastante estranho.
Quando uma mulher aproximava-se do velho fazendeiro, ele ouvia uns minutos, em seguida, acenava com a cabeça concordando.
 
Mas quando um homem se aproximava dele, ele ouvia por uns minutos, em seguida, balançava a cabeça  negativamente.
 
Isto ocorreu diversas vezes até que o padre intrigado decidiu perguntar ao velho fazendeiro:
 
- Por que você acenou com a cabeça e concordou com as mulheres, mas sempre negou com a cabeça e discordou de todos os homens?

O velho fazendeiro disse:
-  As mulheres vinham e diziam algo de bom sobre minha esposa, então eu acenava com a cabeça concordando.

- E os homens? -  perguntou o padre.

- Eles queriam saber se a mula estava à venda.

PORTUGUÊS EM FUZILAMENTO... 
 
Estavam para ser executados no paredão: um brasileiro, um argentino e um português...
Na hora da execução, um soldado chama:
- Que venga el brasileño!
E o brasileiro é levado da cela ao paredão:
- Atención! Preparar, apontar...
E o brasileiro grita:
- TERREMOTO!!!

Todos no quartel se desesperam e saem correndo, com medo do terremoto.
O brasileiro aproveita a confusão e foge.
Passada a correria, chega a vez do argentino, que viu tudo pela janelinha de sua cela.
Como todo argentino, ele vai imitar o brasileiro.
- Atención! Preparar, apontar...
- INUNDACIÓN!!! Grita o argentino.
A confusão se repete.
Todos saem correndo desesperadamente com medo da inundação e o argentino também foge.

Aí chega a vez do português.  
Tranquilo, vendo que a trapaça funcionara com o brasileiro e o argentino, ele foi sorridente ao paredão.
- Atención! Preparar, apontar...
E o português grita:

- FOGO!!!

AMOR OU INTERÊSSE?

- Diga-me, Manoel, tua mulher faz sexo com você por
amor ou por interesse?
- Olha, Joaquim, eu acho que é por amor...
- Como é que você sabe?
- Porque ela não demonstra nenhum interesse!

MANOEL NO RESTAURANTE

O Manoel entra no restaurante e faz o seu pedido:
-Por favor, me dá uma bacalhoada!
- Ao que o atendente pergunta:
- Já sei! O senhor é português?
- Como descobriste? Foi por causa do meu sotaque ou pelo fato de eu ter pedido bacalhoada?
- Nem um nem outro! É que aqui, é o Mc Donald's!

MANOEL NO BRASIL

O Manoel estava voltando da viagem que fizera ao Brasil.
Chegando no aeroporto, seu amigo Joaquim o esperava.
- E aí, Manoel, como foi de viagem?
- Muito bom!
- E o que tu mais gostaste no Brasil?
- Ah, das praias, da mulherada! É uma maravilha!
- E do que tu não gostaste?
- Ah, das escadas rolantes... Tu acreditas que, um dia, eu estava subindo e acabou a energia elétrica... Eu fiquei lá, parado, em pé, por mais de 2 horas!
- Ê, Manoel, mas tu és burro. hein! Por que tu não te sentaste?

MINEIRIM ESPERTO

Um mineirim, miudinho, todo tímido embarca no ônibus de Divinopolis para BH.
Seu  colega de poltrona, um negão de 1,80 m de altura, com cara de poucos amigos.
 
Negão no maior ronco e mineirim todo enjoado com as curvas da estrada.
 
A certa altura Mineirim não aguenta e vomita todo o jantar no peito do Negão.
 
Mineirim no maior desespero e Negão ainda roncando..
 
Chegando em Betim, Negão acorda, passa a mão no peito todo melecado. Olha indignado e confuso pro mineirim, que imediatamente bate a mão no seu ombro e pergunta:
 
- Cê miorô?

 

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA