Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / VOVÔ AMA VOVÓ

O ESPETÁCULO DO ORGASMO
publicado em: 24/10/2017 por: Lou Micaldas

Muitos casais se preocupam tanto com o bom desempenho no ato sexual, que deixam pra segundo plano os melhores lances do jogo amoroso, aqueles momentos de doação absoluta nas carícias feitas exclusivamente pelo prazer de provocar a excitação na pessoa amada.

O momento mais bonito do ato sexual é quando vamos pra ele imbuídos pelo espírito de que é “dando que se recebe”. Como é maravilhoso observar o gozo que provocamos com nossos gestos de carinho!

Porém muitos homens ocupados com o bom desempenho esquecem o quanto de gostoso podem oferecer à mulher amada e deixam escapar a chance de tornar mais profunda a intimidade entre o casal.

A maioria das mulheres também perde as delícias do ato. Elas se preocupam em gozar rapidamente, em gozar junto, acreditando no mito de que o ato sexual perfeito é aquele em que os dois devem chegar ao clímax juntinhos.

SEXO GOSTOSO

Bom de cama é o homem que, sem pressa, leva a mulher a sentir prazer, com beijos e lambidas, no pescoço, nos seios, barriga, púbis, num vai e vem de movimentos suaves, alternando com movimentos mais rápidos, se ela assim o preferir.

As mãos passeando pelo corpo todo, descobrindo suas partes erógenas, entre as coxas, por exemplo.

Então, participando dessa dança amorosa, ela se entrega, retribuindo as carícias pelo corpo todo de seu amado, confiante de que alcançará um orgasmo em toda a sua plenitude.

O sexo oral é aquele que se faz, usando-se a língua e a boca nas áreas genitais e no pênis. É altamente excitante para ambos. 
Acredito que seja uma das mais perfeitas demonstrações de intimidade sexual. Demonstra um total acolhimento recíproco.

Mas o sexo oral só é prazeroso se ambos estiverem de comum acordo e se sentirem o mesmo desejo em manter este tipo de relação.

Muitas pessoas desconhecem essa forma de prazer por considerá-la como uma prática anti-higiênica.

Acontece que o órgão sexual é tão limpo quanto qualquer outra parte do nosso corpo, para os quais executamos os devidos cuidados de higiene.

ABAIXO O MITO DE SE GOZAR JUNTO!

É fora de propósito e totalmente prejudicial que ambos se preocupem em gozar ao mesmo tempo. Quanta preocupação inútil! Que perda de tempo, acreditar que alcançar essa coincidência difícil é coroar o ato com o valor máximo da habilidade sexual.

É hábil o homem que leva a sua amada ao clímax, antes dele. Como poderia perder a contemplação do orgasmo de sua mulher?

É excitante ver a expressão dela de prazer. Pode ser uma lágrima que escorre, um sorriso nervoso... São tantas as formas de manifestar este sentimento máximo que vale a pena testemunhar a cena.

E a mulher confiante é aquela que se entrega, sem cerimônia, sem pudor a este momento de prazer intenso. Mas, cuidado! Muitos homens não gostam de representação grotesca que mais parece um ataque epilético ou de histeria.

Bem satisfeita, é a vez de ela assistir ao gozo de seu homem. Um dos mais elevados graus de deleite é apreciá-lo no momento da sua explosão orgástica!

O ato sexual é uma festa! E o espetáculo do orgasmo é o instante mais emocionante na dança do amor, mas não é verdade que se vejam estrelinhas nem se ouvem os sinos...

Autor(a): Maria de Lourdes Micaldas
Colaborador(a): Revisão: Anna Eliza Führich

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA